1º Workshop de Fotografia de Surf: Como Negócio

Atualizado: 5 de Nov de 2018


Marcio Rovai & Anderson Brasil


Sou graduado em Ciências Biológicas pela Universidade São Judas Tadeu, minha paixão pelo mar começou cedo, com o incentivo do meu avô, surfei pela primeira vez em 1999. Desde então o mar sempre fez parte da minha vida.


Fiz faculdade de biologia na intenção de trabalhar como biólogo marinho, mas como sempre os investimentos no Brasil nessa área são precários. Então, resolvi ganhar um pouco de dinheiro nessa vida. Fiz um curso técnico de administração no SENAC e comecei a trabalhar como gerente de posto de gasolina de 2009 até 2013. Foi uma época relativamente boa, conseguir juntar uma grana e sempre que dava tempo fazia meus bate-voltas para desestressar.


Já no final de 2013, estava triste por passar tanto tempo longe do mar, trabalhando tantas horas e pouco tempo para o surf. Foi quando fiquei sabendo do Workshop de fotografia de surf do Sebastian Rojas no Guarujá. Comprei minha primeira câmera, uma Canon T5i. Quando finalizei o curso tinha certeza de que era aquilo que eu queria fazer pelo resto da minha vida.


WorkShop de Fotografia de Surf com Sebastian Rojas


O workshop do Seba foi a luz no fim do túnel. No início de 2014 fiz um curso técnico de fotografia na Escola Focus e desde então, nunca mais parei de estudar e fotografar. Buscando sempre aprimorar minhas técnicas, fiz também workshop com Everton Luiz, Pablo Vaz, Michelangelo Bernardoni, Henrique Pinguim, Loic Wirth, Carlos Zodi & Flávio Samelo, entre outros.


Ter aprendido com alguns dos melhores criadores de conteúdo de surf e skate, com certeza proporcionou-me chegar onde estou hoje, mas nenhum negócio realmente funciona se ele não for bem administrado. Não adianta fotografar surfistas na praia e não saber o valor que deve ser cobrado por cada imagem, também não adianta copiar o valor do coleguinha, porque o seu custo não é o mesmo dele.


Depois de 5 anos no mercado da fotografia de surf, decidi então, compartilhar toda minha experiência, tanto na prática como na administração.


1º Workshop de Fotografia de Surf


O workshop foi realizado em uma das cidades mais bonitas do litoral norte de São Paulo. Não foi por acaso que escolhi Ubatuba como sede do meu workshop, conhecida como a "Capital do Surfe", proporciona ondas de qualidade praticamente em todas as épocas do ano e conta com uma boa estrutura de surfistas, tanto amadores como profissionais, sem falar na segurança.


Ministrei o meu primeiro workshop para o fotógrafo Anderson Brasil, apaixonado por fotografia, que sentiu a necessidade de fazer uma reciclagem e tirar algumas dúvidas. Foram dois dias intensos, o primeiro foi teórico e falamos dos seguintes temas:


1º - administração & planejamento;

2º - como estruturar sua carreia;

3º - seus custos e como elaborar o seu preço;

4º - fotografia de surf:

- equipamentos;

- limpeza;

- configurações;

- preparação física;

- tratamento de imagens;

- referências e a cultura surf.


No segundo dia, fomos pra aula prática na praia de Itamambuca, onde pude ver de perto o Anderson trabalhando, corrigimos alguns erros e dei diversas dicas. No final da tarde voltamos pra casa e fizemos todo o processo de fluxo de trabalho.


1º - backup das imagens;

2º - separamos as imagens por surfistas;

3º - tratamento das fotos;

4º - falamos sobre o procedimento da venda.


E essas foram algumas de suas imagens:


Fotos: Anderson Brasil - Instagram: @andersonbrasilphoto


Ao longo dessa jornada, ninguém me ensinou o quanto eu tinha que cobrar por um trabalho, por uma foto, o valor do click da câmera, a depreciação dos equipamentos, etc. Aprendia nesses workshops a tratar imagens, como não deixar água no front da caixa estanque, mas se você realmente quer dar continuidade ao seu projeto de vida, você deve saber administrar o seu negócio.


Caso tenha o interesse em participar e obter mais informações, click na imagem de baixo:


Descubra como faço para fazer esse tipo de imagem!



Aloha & Boas Ondas

74 visualizações