2º Curso de Fotografia de Surf como Negócio


Flávio Augusto & Marcio Rovai


Hoje é relativamente fácil ser um fotógrafo de surf, existem diversos modelos de câmeras de entrada (ex.: Canon T5i) que suprem a necessidade de um trabalho e diversas lentes de longo alcance, que estão cada vez mais em conta. Por isso, não é difícil encontrar alguém nas praias do Brasil com uma câmera na mão se passando por um fotógrafo profissional de surf.


Não vou entrar no mérito de quem é ou não é profissional, acredito que aqueles que querem fazer da fotografia de surf sua profissão, e querem ganhar dinheiro para se sustentarem, pagar suas contas, comprar novos equipamentos e se realizarem como profissionais, devem ter o dever de saber administrar sua empresa.


Qualquer pessoa sabe tirar foto de um surfista, mas são poucas, que sabem viver da fotografia de surf. Por experiência própria, temos diversos cursos de fotografia espalhados pelo Brasil e alguns workshops específicos na área do surf, mas nenhum deles irá te ensaiar a como viver da fotografia de surf.


Por isso me orgulho do meu Curso Individual: Fotografia de Surf como Negócio. Ele simplesmente mostrar o caminho das pedras nessa profissão que sou completamente apaixonado. Como toda empresa, ela precisa te dar lucros para que você possa dar continuidade as suas realizações.


Nessa jornada, o fotógrafo Flávio Augusto teve o conhecimento do meu curso, entrou em contato comigo, expliquei os principais tópicos e realizamos no final de semana do dia 23 e 24 de Fevereiro - aula teórica em São Paulo, prática em Riviera de São Lourenço. O Flávio fez um curso de fotografia pelo SENAC e decidiu se aprofundar na fotografia de surf da forma mais correta possível. Primeiro fizemos um ótimo alicerce, falamos sobre administração e planejamento, marketing, mercado, custos e preços. Já na segunda parte do curso falamos sobre a fotografia de surf propriamente dita: equipamentos, câmeras, lentes, caixa estanque, posicionamento, etiqueta no mar, etc.


Na aula prática em Riviera, Flávio teve sua primeira experiência na fotografia de surf e fomos direto para o mar. Só que antes, repassamos alguns conceitos de configuraçōes da câmera, manutenção do equipamento, posicionamento, cuidados com a correnteza e etc. Na segunda parte, colocamos uma teleobjetiva e fomos fotografar os surfistas da areia - nesse momento falamos sobre foco, proteção do equipamento por conta da maresia, uso de tripé e monopé, venda de fotos e etc.


Ao final do curso, pedi para que o Flávio me enviasse 5 imagens para que eu pudesse analisar e passar o feedback final. Minha conclusão é a seguinte: para quem nunca tinha feito um dia na profissão de fotógrafo de surf, ele realmente me surpreendeu. Distribuiu cartões de visita, conversou com surfistas, sentiu a performance do próprio equipamento e teve sua primeira experiencia na venda de fotos pelo site Surfmappers.


Segue as fotos do Flávio:


Finalizo esse blog com a certeza de que o fotógrafo Flávio irá enxergar a fotografia de surf com outros olhos, não de apenas um apaixonado, mas de um fotógrafo consciente do seu papel como empresário.


"Gostaria de agradecer muito pela experiencia que o curso proporcionou. Tive pouco contato com o surf, mesmo meus pais morando no litoral (Matinhos - Caioba - PR). Estava procurando cursos na área de esporte (o surf era uma opção) e encontrei seu nome na minha pesquisa. O curso demonstrou muito mais do que me informou no primeiro contato, superou minhas expectativas. Com certeza abriu meus olhos para o universo da fotografia (arte + negócio)" Flávio Augusto Silva.

Para mais detalhes do curso: marciorovai.com/curso ou entre em contato comigo pelo WhatsApp (11)9.9935-9232.


Obrigado e até a próxima!

32 visualizações